segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Vista fraca ou boa demais

Que é isso no teu olho?
Tipo brilho, negro choro
Talvez só memória antiga

No teu olho, que é que há?
Cílio longo de além-mar
P'ra dar sorte em quase figa

Teu olhar não mais confio
Nem por triste nem por cisco
Lá só tinha uma formiga

2 comentários:

  1. Desejos Poéticos do Amor30 de agosto de 2011 21:49

    Que é isso no teu olho?
    Nada vejo. Vos que nada vê... Mostra teus longos cílios que esnobam a vida escondida.
    Nao me enxergam, não me mira. Talvez eu, somente eu, tenha essa tal formiga.

    ResponderExcluir